Carreira

Como trabalhar em Londres: as melhores dicas para brasileiros

Como trabalhar em Londres

Londres, capital da Inglaterra, é uma das cidades mais bem estruturadas do mundo, e que oferece condições de vida excelentes para sua população. Não à toa, muitas pessoas, inclusive de outros países, tentam entrar no mercado de trabalho da cidade e aproveitar os benefícios que ela tem a oferecer. Mas como trabalhar em Londres sendo brasileiro?

Embora seja uma tarefa difícil e concorrida inicialmente, essa é uma possibilidade viável e que vale a pena conhecer melhor. Por isso, o Recursos & Humanos reuniu as melhores dicas para brasileiros que querem migrar para a terra da rainha.

Melhores dicas de como trabalhar em Londres

Para entrar no mercado de trabalho de Londres, principalmente sendo um estrangeiro, é preciso oferecer para as empresas uma boa qualidade profissional.

Assim, possuir um bom currículo, ter experiência e dominar a língua inglesa são alguns dos diferenciais que ajudam, e muito, a trabalhar na cidade.

Dominar a língua inglesa

Assim como em outros países que não falam português, a adaptação com o idioma é uma questão fundamental para trabalhar em Londres. Não se trata exatamente de uma exigência legal de todas as empresas, mas é algo indispensável para ingressar no mercado de trabalho no país.

A fluência irá ajudar na própria adaptação e convivência com os habitantes e colegas de trabalho. E para os estrangeiros que migram para a capital da Inglaterra, ajuda também na hora de encontrar um cargo adequado.

Para quem caiu de paraquedas por lá e não tem o domínio do idioma, os empregos que talvez consiga achar serão mal remunerados. E com o custo de vida alto que Londres possui, ter salários muito abaixo da média não é algo aconselhado.

Buscar uma validação do diploma

Para as pessoas que já possuem um curso superior em alguma instituição brasileira e querem continuar exercendo a profissão, um dos primeiros passos de como trabalhar em Londres é buscar validar o diploma por lá.

Caso contrário, só será possível realmente comprovar a formação e o cidadão não conseguirá ingressar no mercado de trabalho em sua área. Para isso, basta buscar o órgão regulador da área, que será o responsável por legalizar a profissão dentro da Inglaterra.

Conseguir um visto para Londres

Legalmente, não há como trabalhar em Londres sem um visto de trabalho. Esse é um processo presente em qualquer país e serve justamente para garantir toda a legalização do emprego e do trabalhador em si.

Para isso, o primeiro passo é encontrar um local para trabalhar, já que se adquire o visto apenas depois que a pessoa consegue comprovar que está na cidade a trabalho e não como turista ou imigrante clandestino. Um ponto está totalmente interligado ao outro.

Buscar ser sempre pontual

Culturalmente, o povo brasileiro não é tão rígido com horários, principalmente dentro do âmbito informal. Contudo, o povo inglês costuma tratar a pontualidade como algo natural e que deve ser seguido.

Salvo raras exceções, na hora de buscar um emprego em Londres ou começar a atuar na empresa escolhida, é sempre importante prestar atenção aos horários. Reuniões, entrevistas e quaisquer outros compromissos devem acontecer nos períodos acordados, para não começar com o pé esquerdo nessa busca ou manutenção na vaga de trabalho.

Como trabalhar em Londres

Como trabalhar em Londres: buscar emprego em sites especializados

Uma forma realmente relevante para conseguir encontrar um bom emprego na terra da rainha é buscar oportunidades de vagas através da internet. Felizmente, existem diversos sites especializados onde é possível ficar de olho no mercado.

Normalmente, essas plataformas anunciam oportunidades de trabalho, e o usuário consegue se inscrever ou entrar em contato com os anunciantes. Para quem ainda mora no Brasil, essa é uma opção comum e que gera bons resultados.

Usar o LinkedIn como ferramenta para buscar vagas de emprego

Essa já é basicamente a função primordial dessa rede social, que permite a conexão entre diversos profissionais e também com as empresas. Sendo uma rede mundial, essa é uma oportunidade e tanto para ficar de olho no mercado e conhecer as pessoas certas na hora de ir trabalhar em Londres.

Manter o currículo sempre atualizado

Uma dica básica de como trabalhar em Londres é sempre manter o currículo atualizado, constando todas as informações necessárias para o avaliador. O ideal é seguir um modelo europeu e, claro, deixar tudo escrito em inglês.

A escrita deve ser um ponto importante a se considerar, bem como também a descrição das habilidades, formação, capacitação e experiência na área objetivada.

Sistema de trabalho e salário mínimo em Londres

Em relação ao Brasil, a terra da rainha possui algumas diferenças relevantes. A primeira delas é que o salário é calculado por hora trabalhada e não pelo mês completo.

Outro ponto é que normalmente os valores pagos na cidade são consideravelmente altos, típico de um país de primeiro mundo.

Mas claro que o custo de vida também é alto, principalmente em Londres. Esses custos baseiam-se justamente na própria média salarial da capital, e é importante buscar uma vaga que ofereça as condições necessárias para atingir um patamar mínimo salarial.

Uma terceira diferença é que há variações em relação à idade de cada profissional, e as pessoas maiores de 25 anos são as que recebem as maiores remunerações. Por hora, esse grupo recebe £9,50 (valor consultado em 2022).

Os menores de 18, que a legislação considera como menores aprendizes e atuam realmente como estagiários, recebem £4,81 por hora.

Por fim, a carga horária da Inglaterra é maior que a brasileira, sendo de 44 horas semanais, o que ajuda a aumentar o salário no fim do mês. Fazendo os cálculos, o trabalhador maior de 25 anos que cumpra essa carga semanal terá um salário mínimo de £1.672 mensais.

E então, gostou de saber como trabalhar em Londres? Agora é só se preparar e correr atrás da sua vaga. Boa sorte!

Veja também:

Deixe seu Comentário