Vagas Abertas

Entregador 99 Motos: saiba como se cadastrar

Entregador 99 Motos

O número de motos no Brasil cresceu cinco vezes nas últimas duas décadas, fazendo com que o número de motoboys também se elevasse. Esse veículo hoje é utilizado para o transporte de passageiros e de encomendas, até mesmo existe uma lei que determinou estas atividades como profissões.

Quem é motoboy pode se tornar um entregador 99 Motos, um aplicativo novo que está conquistando os profissionais da área. Ele conta com um sistema fácil de utilizar, que oferece vantagens para os motoboys e para quem contrata o serviço de entregas. Aprenda a utilizar este aplicativo e aumente seus lucros.

O que é necessário para ser motoboy?

A profissão de motoboy foi regulamentada em 2009, permitindo o exercício de atividades dos mototaxistas, conforme o Diário Oficial da União do dia 30 de agosto daquele ano. O texto também abrange os motoboys, considerados profissionais que utilizam motocicletas para fazer a entrega de mercadorias. Ou seja, uma lei que valeu para duas novas profissões reconhecidas.

A partir disso, foram criadas novas exigências para que uma pessoa pudesse ser considerada motoboy. Uma das exigências é ter um curso de 30 horas, além de usar equipamentos obrigatórios de segurança para a motocicleta e para o condutor. A lei exige que o profissional trabalhe com um colete de segurança que possua dispositivos retrorefletivos, para facilitar suas atividades durante a noite.

A lei definiu que para ser motoboy é necessário ter pelo menos 2 anos de carteira de habilitação nesta categoria, além disso, é uma atividade profissional permitida somente para maiores de 21 anos. Estes profissionais não podem ter cumprido nenhuma pena ou ato de dirigir, ou mesmo ter a CNH cassada por infrações de trânsito.

Ainda quanto aos equipamentos de segurança, a lei não é muito clara e cita apenas estes dois itens.

Número de motoboys no Brasil

O número de motocicletas é maior que o de carros em 45% das cidades brasileiras. Segundo uma pesquisa de 2018, da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em 2.487 municípios, dos 5.568 total no país, havia mais motos do que automóveis. São 26,4 milhões de motocicletas, o que dá uma para cada 7,86 habitantes.

Se o número de motos é elevado e saltou cinco vezes nos últimos 20 anos, o de motoboys também não para de crescer. Esse veículo deixou de ser apenas um meio de locomoção e passou a ser um item indispensável para o trabalho. Somente em São Paulo, estima-se que existam mais de 220 mil motoboys, em 1997 eram somente 80 mil motociclistas na capital paulista.

Entregador 99 Motos

O 99 Motos é um aplicativo brasileiro que foi lançado em 2013, seu objetivo sempre foi intermediar negociações entre motoboys e pessoas que necessitam de entregas. É uma boa alternativa para quem é motoboy e deseja ter uma renda extra.

O 99 Motos é um serviço que chegou para ser uma mão na roda para aqueles profissionais que trabalham como motoboys. É uma plataforma semelhante as outras que já vem surgindo no mercado. O sistema conta com um aplicativo dividido em duas versões, para que o serviço possa funcionar de uma maneira adequada e organizada. O objetivo é diminuir o gargalo no tempo de entregas.

Como citamos, este aplicativo conta com duas versões. Uma delas é voltadas para os clientes e outra para os próprios motoboys. Por enquanto, esse aplicativo para smartphones roda apenas nos aparelhos que trabalham com o sistema operacional Android. O APP promete monitorar o trajeto da encomenda, assim o cliente pode ficar de olho no período em que os produtos vão chegar.

No começo atendiam em São Paulo e no Rio de Janeiro, depois se expandindo para Curitiba. A empresa continua levando o sistema para cada vez mais cidades, em busca de novos parceiros.

Funciona com geolocalização

O 99 Motos é um aplicativo moderno, que utiliza as novas tecnologias para dar mais praticidade em suas funções. Trabalha com o sistema de geolocalização, que permite aos clientes encontrarem motoboys mais próximos de seu endereço, assim como funciona o Uber, por exemplo. É uma vantagem, já que reduz o tempo de espera.

Essa tecnologia funciona por meio da internet, sendo possível identificar em que local o usuário está conectado. A geolocalização funciona com a identificação do IP, sendo capaz de informar o país, a cidade e o horário em que aconteceu a conexão. A geolocalização explodiu durante a febre que foi o jogo Pokémon go, em 2016.

Como participar?

Se você é motoboy e ficou interessado nesta nova ferramenta para aumentar os seus clientes, basta acessar o site da empresa e fazer o cadastro. Eles farão uma análise do seu perfil, para identificar se está de acordo com as diretrizes da companhia. O motoboy deverá estar com a sua documentação regularizada para poder ser aprovado.

O cadastro pode ser feito diretamente em seu celular, após fazer o download do aplicativo. Outra alternativa é pelo site Rapiddo, acesse aqui. É fundamental preencher os seus dados de maneira correta, para evitar problemas durante a análise. Aliás, a resposta será dada dentro de 5 dias, também por meio do aplicativo. Caso seja aprovado, é só aguardar o chamado para as primeiras entregas.

Sem a cobrança de adesão

Alguns motoboys podem ficar preocupados com a taxa de adesão, mas no 99 Motos não existe essa tarifa. A empresa ganha dinheiro de outra forma, enquanto os profissionais de entregas também lucram. Eles cobram R$ 0,99 a cada 6 quilômetros percorridos, chamados de ponto. É um valor que fica justo para ambos os lados.

Existe uma renda mensal definida?

Como se trata de um serviço para profissionais autônomos, a rentabilidade vai depender da sua disponibilidade para o aplicativo e também a demanda por entregas na sua região. O valor será proporcional ao número de quilômetros rodados. Profissionais que fazem 4 entregas por hora conseguem ganhar até R$ 200,00 por dia.

Esse é um valor bruto, sem considerar o valor gasto com o combustível e os desgastes da motocicleta. A renda mensal será de acordo com a quantidade de serviços prestados.

Deixe seu Comentário