Carreira

Fit cultural: o que é e como é avaliado?

Fit cultural

Pode não parecer, mas é extremamente desafiador para um recrutador conseguir encontrar candidatos que tenham um perfil adequado para a vaga que está em aberto. Justamente por isso, para encontrar o profissional certo, os recrutadores avaliam o fit cultural.

Cultura Organizacional

A cultura organizacional de uma empresa é definida com base em:

  • Crenças;
  • Valores;
  • Hábitos;
  • Políticas.

A cultura organizacional é a responsável por definir o método que uma empresa consegue conduzir os seus negócios e como se relaciona com parceiros, colaboradores, fornecedores e demais pessoas. Hoje em dia, com o conceito de cultura organizacional se espalhando mundo afora, as empresas estão mais conscientes.

Isso porque até um tempo atrás, a cultura organizacional ou era desconhecida ou não era tida como importante. Porém, com o passar do tempo, muitas empresas acabaram por entender a sua importância e, dessa forma, espalharam a sua cultura para maior afinidade com os colaboradores.

Além disso, é importante abordar o assunto da cultura organizacional para que seja melhor entendido o que o Fit Cultural e para que ele serve.

Objetivo do Fit Cultural

O Fit Cultural visa:

  • Assertividade na contratação;
  • Motivação dos candidatos;
  • Retenção de funcionários talentosos; entre outros.

Logo, o Fit Cultural visa traçar o perfil do candidato e analisar a sua compatibilidade com a empresa. Assim, não terão tanta dificuldade em encontrar um bom profissional, e nem o profissional terá dificuldade para se integrar com a equipe e o ambiente de trabalho.

Afinal, a alta rotatividade de funcionários dentro de uma empresa, é um dos maiores motivos de desfalques financeiros para com as mesmas. Toda vez que uma empresa tem se vê no momento de realizar o desligamento do funcionário, um alto gasto é gerado.

Fit Cultural

Muitas empresas têm dado foco para a avaliação mais profunda de cada candidato para, dessa forma, realizar contratações mais assertivas. Logo, o Fit Cultural funciona da seguinte forma:

Defina o Fit Cultural

O primeiro passo para iniciar esse método de contratação é, resumidamente, definir o perfil do candidato que a empresa procura. Essa etapa precisa de muito tato e atenção por parte dos profissionais, afinal, é muito comum que as empresas abriguem uma grande variedade de culturas e estilos.

Logo, é importante analisar qual o setor da empresa que está buscando o profissional, quais as atividades que ele cumprirá e, dessa forma, definir um perfil. Essa parte é muito importante e delicada pois é totalmente incompatível contratar um diretor executivo de terno e gravata para realizar as funções do departamento de Marketing.

Justamente por isso, é importante definir muito bem o perfil que a empresa procura para o cargo que está em aberto. Para isso, leve em conta características como:

  • Competências;
  • Comportamento;
  • Objetivos profissionais.

Analisando o perfil comportamental

O segundo passo é analisar qual o perfil comportamental do funcionário. Ou seja, é preciso entender que cada pessoa possui características muito próprias, pontos fracos e fortes que também divergem entre cada um. Porém, algumas ações podem determinar o que fariam em determinadas situações.

Assim, para determinar qual o perfil comportamental que a empresa procura, é possível aplicar testes para determinar qual a personalidade dominante no candidato. As mais comuns são:

  • Perfil comunicador;
  • Perfil Executor;
  • O Perfil Planejador;
  • Perfil Analítico; entre outros.

Esse teste visa fazer com que o candidato responda uma determinada quantidade de perguntas e, assim, é possível detectar o seu perfil dominante. Esse teste é muito importe porque é com ele que é possível detectar se o candidato possui as características que a empresa precisa.

Fit cultural

Dinâmica em Grupo

As dinâmicas em grupo em um poder muito grande na hora de aplicar o Fit Cultural. Isso porque por meio de jogos e atividades, é possível simular situações do dia a dia e descobrir uma boa parte do perfil profissional do entrevistado. Com a dinâmica, descobre-se características como:

  • Personalidade;
  • Comportamento em situações diversas;
  • Interação com a equipe.

Além disso, essas características se tornam difíceis de serem observadas em uma entrevista normal, porém, sempre se mostram de forma latente em uma dinâmica em grupo.

Entrevistas de Comportamento

Bem como a dinâmica em grupo, as entrevistas de comportamento visam evitar respostas clichês e curtas por parte dos colaboradores. Esse tipo de entrevista tem como objetivo fazer perguntas para identificar a forma como o colaborador lidaria em determinadas situações. As perguntas mais comuns, são:

  • Sua preferência é trabalhar sozinho ou em equipe?
  • Como você age sob pressão?
  • Como você trabalha com prazos curtos?
  • Qual sua maior motivação?
  • O que você acha que seus colegas do antigo trabalho diriam sobre você?

Entre diversas outras perguntas. É possível notar que todas elas são perguntas que colocam o entrevistado em uma determinada situação. Assim, é possível se aprofundar de melhor maneira no seu modo de ver o mundo, o que faz com que o fit cultural seja mais eficaz.

Investigação de Histórico Profissional

Depois de ter conversado com o candidato, é o momento de investigar todo o seu histórico profissional e descobrir um pouco sobre os locais em que ele trabalhou. A partir disso, é possível analisar se existe, ou não, similaridade com a empresa em que foi feita a entrevista.

É importante analisar, também, o tamanho das empresas em que o profissional já trabalhou. Afinal, se em seu currículo só há histórico de empresas pequenas, são grandes as probabilidades de que ele tenha um pouco de conflito ao se adaptar a uma empresa de grande porte.

Logicamente, a investigação feita em relação às empresas em que o profissional atuou, não significa exatamente que ele está sendo eliminado do processo seletivo, mas é uma forma de adquirir uma quantidade maior de informações e saber mais sobre seu perfil profissional.

Além disso, a investigação do histórico profissional de um candidato, dá uma melhor perspectiva sobre como as empresas anteriores tratavam os funcionários e se isso comprova, também, os motivos de saída do profissional de cada uma delas.

Todos esses detalhes acabam sendo extremamente relevantes para colocar em prática a execução de um fit cultural mais eficaz e assertivo. Dessa forma a escolha dos profissionais se torna muito mais assertiva e eficaz.

Deixe seu Comentário