Carreira

Profissões que ganham bem: os empregos que mais bem pagam

Profissões que ganham bem

Sem dúvida, é muito gratificante trabalhar com algo que gostamos. Mas, quem não gosta de ganhar dinheiro, não é mesmo? Por isso, no artigo de hoje vamos falar sobre as 7 profissões que ganham bem no Brasil. Confira a seguir!

Profissões que ganham bem: conheça os 7 cargos mais bem pagos do Brasil

Atualmente, estas são as profissões que mais ganham bem no Brasil:

1. Titular de cartório

Atualmente, um dos cargos mais bem pagos do Brasil é o de Titular de Cartório, também conhecido como Tabelião.

Em média, esse profissional ganha R$ 100.000,00 por mês. Mas o salário pode variar de uma região para outra, já que esse profissional não tem um salário fixo, ele recebe uma porcentagem do faturamento do cartório.

O Titular de Cartório ganha tão bem assim porque sua função não é fácil de cumprir. Afinal de contas, ele é responsável por gerenciar todo o cartório, desde a infraestrutura até os funcionários. Além disso, toda a vida dos cidadãos brasileiros passa pelo cartório, desde o nascimento até o óbito.

Para se tornar um Titular de Cartório, é preciso ser formado em Direito, ter nacionalidade brasileira, estar em dia com seus deveres eleitorais e militares, não ter antecedentes criminais, ter aptidão mental e física e passar em um concurso público para função.

O concurso para titular de cartório é realizado pelo Poder Judiciário em nível estadual, e é muito concorrido.

2. Membro do Poder Judiciário

O Poder Judiciário do Brasil é o responsável por aplicar as leis, garantir os direitos dos cidadãos e resolver conflitos. Por isso, ser um membro de um dos órgãos do Poder Judiciário tem um salário alto, em torno de R$ 45.000,00 por mês.

Além disso, esses profissionais recebem alguns benefícios, como gratificações e auxílio moradia; o que torna a profissão ainda mais atrativa.

Estes são os principais cargos:

  • Juiz: é um representante do Estado e tem a responsabilidade de julgar os casos apresentados a ele. Precisa prestar concurso para ocupar o cargo.
  • Promotor: é um membro do Ministério Público e tem a responsabilidade de garantir a ordem jurídica, democrática e dos interesses individuais e sociais. É necessário passar em um concurso público para exercer a profissão.
  • Desembargador: é o responsável por revisar (ou modificar) as decisões do juiz em primeira instância. Para ocupar o cargo de Desembargador é necessário ser nomeado.

Para ocupar qualquer uma dessas posições é necessário ter bacharelado em Direito, passar no exame da OAB e atuar na área jurídica por pelo menos três anos.

3. Membro do Ministério Público

Atualmente, existem cinco tipos de Ministério Público no Brasil: Eleitoral, Estadual, Federal, Militar e do Trabalho. Esses órgãos são responsáveis por fiscalizar o poder público e manter a ordem jurídica.

Os profissionais que trabalham nos Ministérios Públicos ganham em média R$ 33.000,00 por mês, como os procuradores e os promotores. Para atuar nesses cargos é necessário ter bacharelado em Direito, ser aprovado na OAB, ter pelo menos três anos de experiência na área jurídica e passar em um concurso público.

A única exceção são os cargos do Ministério Eleitoral. Nesse caso os profissionais não precisam prestar concurso, pois são “emprestados” de outras áreas.

4. Diplomata

Em média, um diplomata ganha R$ 27.000,00 por mês. A sua função é representar o Brasil na comunidade internacional, negociando em nome do país, estimulando as relações econômicas e culturais, formulando políticas externas, entre outras responsabilidades.

Os diplomatas trabalham diretamente para o Ministério de Relações Exteriores. Mas para isso ele precisa ser aprovado no CACD (Concurso de Admissão à Carreira Diplomata).

Depois de aprovado, o profissional fará um curso de formação do Instituto Rio Branco e ocupará o cargo de Terceiro-Secretário, podendo seguir carreira como Segundo-Secretário, Primeiro-Secretário, Conselheiro, Ministro e Embaixador.

Para prestar o CACD é necessário ser graduado em um curso reconhecido pelo MEC, que pode ser bacharelado, licenciatura ou tecnólogo (presencial ou EAD). Embora o Ministério de Relações Exteriores não exija uma graduação específica, o mais comum é que os diplomatas sejam formados em Direito e Relações Internacionais.

Profissões que ganham bem

Veja também:

5. Defensor Público

O Defensor Público é um advogado que presta assistência jurídica para cidadãos que não têm condições financeiras para contratar um advogado particular. Esse profissional pode atuar a nível estadual ou federal.

Para ser um Defensor Público no Brasil é necessário ser formado em Direito, estar inscrito na OAB, ter pelo menos três anos de experiência comprovada na área jurídica e ser aprovado em curso público para exercer a função.

Em média, o salário de um Defensor Público é de R$ 25.000,00.

6. Médico

Em média, um Médico ganha R$ 18.000,00 em uma jornada de 20 horas semanais. Porém, o salário pode variar de acordo com suas especializações, graduações ou cargo que ele ocupa no hospital. Via de regra, quanto maior a especialização e o tempo de carreira, maior é a renda.

Para atuar como Médico é necessário fazer um bacharelado de Medicina. Depois de formado, se quiser se especializar, é preciso fazer residência médica ou uma especialização reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina.

A vantagem dessa profissão é que, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, ela tem a maior taxa de ocupação. Por isso, quase todos os formados em Medicina estão empregados.

Veja também:

7. Auditor Fiscal

O Auditor Fiscal é um funcionário público responsável por fazer a fiscalização do pagamento dos impostos de pessoas físicas e jurídicas, incluindo as transações de exportação e importação. Assim, ele ajuda a combater crimes de lavagem de dinheiro e sonegação de impostos.

Embora não exista um piso salarial para a profissão, o salário médio de um Auditor Fiscal no Brasil é de R$ 15.000,00 por mês. Além disso, a remuneração inclui gratificações por contribuição e cumprimento de metas.

Para ocupar um cargo de Auditor Fiscal, seja municipal, estadual ou federal, é necessário ter graduação superior completa e passar em um concurso público. Geralmente, os concursos não exigem uma formação específica, mas é importante ter conhecimento sobre a área.

Gostou de conhecer as profissões que ganham bem? Então, veja também algumas dicas para ser promovido no trabalho!

Veja vagas nas Principais empresas do Brasil:

Deixe seu Comentário