Carreira

Dicas para conseguir emprego pelo LinkedIn

Dicas para conseguir emprego pelo LinkedIn

Com a crescente crise econômica, muitas pessoas acabam ficando desempregadas. Hoje em dia é totalmente possível conseguir um emprego utilizando a tecnologia e a internet. Com a expansão das redes sociais, você consegue ter contato direto com os donos de empresas. Confira a seguir algumas dicas excelentes para conseguir emprego pelo LinkedIn.

Ter um perfil em alguma rede social, hoje em dia se tornou muito comum. Aliás, é uma das maneiras mais utilizadas de comunicação entre as pessoas.

O LinkedIn é uma dessas redes sociais que conectam pessoas. A diferença é que ela é totalmente voltada para o setor corporativo. Ou seja, as informações compartilhadas são exclusivamente voltadas para o mercado de trabalho.

Formações acadêmicas, experiências profissionais, idiomas fluentes são algumas das informações mais comuns encontradas nessa rede.

O melhor de tudo é que além de fazer amizades, você também poderá encontrar um emprego dos sonhos. Para te ajudar nesse processo, separamos algumas dicas ótimas para você conseguir emprego pelo LinkedIn.

Contudo, se ainda não tem um perfil nessa rede, você está perdendo tempo. Aprenda a trabalhar o seu networking, amplie a sua rede de contatos e consiga uma vaga agora mesmo.

O que é o LinkedIn?

Conseguir emprego pelo LinkedIn é uma excelente oportunidade para quem se encontra desempregado no momento. Mas, será que todas as pessoas sabem de fato o que é essa rede social?

Considerada a maior rede social profissional do mundo, o LinkedIn se encontra totalmente voltado para a área de negócios. Sua fundação aconteceu em 2002, mas apenas em maio de 2003 que ela de fato, foi lançada.

Para quem já usou uma rede social, fica fácil identificar as semelhanças entre elas. As informações divulgadas pelos usuários são voltadas exclusivamente para apresentar suas aptidões profissionais.

Nessa rede é possível dar opiniões nos perfis, isso inclusive é muito comum entre as pessoas que trabalham na mesma empresa. Esses depoimentos dão mais credibilidade ao indivíduo, pois ressaltam suas habilidades.

Existem alguns profissionais que ainda duvidam da eficácia e do poder dessa plataforma. A seguir você confere alguns dados interessantes de evolução do LinkedIn e porque vale a pena criar um perfil nessa plataforma.

  • 16 milhões de usuários registrados na plataforma em 2007;
  • 347 milhões de usuários registrados na plataforma em 2015;
  • 33,9 milhões de visitantes da plataforma em 2011;
  • 238 milhões de novos usuários na plataforma em 2013.

O LinkedIn é bem versátil em relação aos idiomas disponíveis, ou seja, é possível deixa-lo em inglês, alemão, francês, português, italiano, russo, romeno, japonês e turco. Os países que mais possuem usuários são os Estados Unidos com aproximadamente 84 milhões, seguido da Índia com aproximadamente 21 milhões e o Brasil com aproximadamente 15 milhões.

Em 2016, a Microsoft comprou o LinkedIn por uma bagatela de US$ 26,2 bilhões. Essa transação inclusive, foi a maior da marca.

6 dicas de como conseguir emprego pelo LinkedIn

1 – Atualize e complete o seu perfil

Para que um perfil tenha bastante sucesso, é preciso que você o deixe mais completo possível. Essas informações são muito importantes na hora do processo de seleção do recrutador. Foque apenas naquelas informações que são de fato importantes e relevantes para a vaga que almeja.

O seu perfil precisa ter as seguintes informações:

Foto profissional

Coloque no seu perfil, uma foto profissional e de boa qualidade. Um perfil sem foto é muito negativo para o recrutador que está buscando um profissional.

Cabeçalho profissional

Comece o seu perfil com um bom cabeçalho, onde os seus objetivos profissionais estejam bem claros. Uma excelente dica está na citação de todas as suas competências profissionais. Mas atenção, não seja longo. Suas informações devem ser bem objetivas.

Crie um resumo

Faça um resumo sobre você, coloque tudo em primeira pessoa e no máximo com 300 palavras apenas. Foque nas palavras-chave de impacto e tente responder de forma clara a pergunta “Quem é você como profissional?”.

Cite as suas experiências

Esse é um dos itens mais importantes de um perfil no LinkedIn. Nesse local que você vai citar todas as experiências que você adquiriu ao longo da sua trajetória profissional. Não seja tímido em descrever suas funções, coloque os cargos, nomes das empresas e o período que você trabalhou. Nesse setor você pode abusar dos gráficos, links, vídeos e apresentações.

2 – Siga todas as empresas que tenha interesse

O LinkedIn também permite que você siga as publicações de uma empresa ou pessoa. Então, capriche!

Faça uma lista das empresas que quer seguir, dessa maneira será possível ficar por dentro de todas as publicações que ela faz. Isso inclui as tão sonhadas vagas de empregos.

A quantidade de usuários e empresas que utilizam o LinkedIn vem crescendo anualmente. Isso significa que mais vagas são publicadas e se você segue a empresa que quer trabalhar, fica fácil ter acesso a essas vagas. Sendo assim, as notificações são direcionadas a você automaticamente.

Dicas para conseguir emprego pelo LinkedIn

3 – Tenha um perfil otimizado para que os motores de busca te encontrem

O Google também varre todo o conteúdo que é publicado no LinkedIn. Então, abuse das palavras-chave, isso pode fazer a diferença na hora de te acharem.

Procure achar as palavras-chave que estão sendo mais procuradas para determinado assunto e assim, em seguida, otimize o seu texto.

4 – Gere conteúdo para o LinkedIn

Produzir textos para o LinkedIn é visto com ótimos olhos pelos recrutadores. Poucos profissionais utilizam esse recurso, faça a diferença.

Criar posts relevantes para a rede é uma das formas de transformar o seu perfil em autoridade sobre determinado assunto, tendo inclusive o reconhecimento das suas conexões.

Com tanto conteúdo fica fácil ser encontrado pela opinião que emite e principalmente pelo conhecimento que possui. Mas, atenção! Não fale sobre a sua vida profissional, essa não é a rede social adequada para isso.

5 – Liste os trabalhos feitos de forma voluntária

Uma das maneiras de chamar a atenção dos recrutadores e consequentemente, conseguir emprego pelo LinkedIn é citando as suas experiências profissionais como voluntário.

Acredite, para as empresas, as experiências adquiridas com o trabalho voluntário são tão importantes quanto as experiências obtidas com o trabalho pago normalmente.

Então, não hesite em citar as suas experiências como voluntário no seu perfil do LinkedIn. Inclusive você pode também citar as causas que apoia na vida.

6 – Verifique o seu e-mail

A caixa de entrada do seu e-mail deve ser conferida frequentemente, pois é através dela que você obterá as indicações de vagas que o LinkedIn vai te enviar.

O LinkedIn filtra as vagas que estão disponíveis e as encaminha de acordo com os cadastros das contas.

Não deixe de conseguir emprego pelo LinkedIn simplesmente pelo fato de não ter entrado na sua caixa de e-mails com frequência. Tente acessar pelo menos umas três vezes ao dia!

Deixe seu Comentário