Gestão e RH

Que tipo de cultura sua empresa tem?

Se você já esteve no negócio de RH por tempo suficiente, você certamente viu uma boa dose de programas bem-intencionados desabando. Na verdade, você provavelmente já defendeu alguns desses programas. Agora, tendo o benefício de alguns anos de trabalho no meu currículo, eu cheguei à conclusão de que a maioria das falhas é devida a um simples fato: nós realmente não entendemos como a cultura da empresa impulsiona o desempenho. Como resultado, propomos programas que não atingem o seu objetivo, na melhor das hipóteses, e muitas vezes pioram as coisas! Sim, você pode contratar qualquer número de consultores para ajudá-lo a descobrir a sua cultura, mas é melhor você economizar o seu dinheiro. Tudo que você realmente precisa é fazer uma simples pergunta às pessoas na sua organização:

Conte-me sobre onde você trabalha?

Eu disse que era uma pergunta simples. No entanto, na minha experiência, as respostas que você recebe estão, na verdade, revelando um pouco sobre o núcleo da cultura da sua empresa. Por quê? Porque é provável que você descubra que a sua cultura cai em uma das três categorias a seguir.

  • A Cultura Direcionada pela Missão – A pessoa que dá esta resposta fala primeiro sobre o que é que a empresa tem a intenção de realizar e como o que eles estão fazendo está conduzindo em direção a esse objetivo. Eles falam sobre um mundo onde o trabalho que estão fazendo vai impactar uma pessoa ou a sociedade para melhor. Eles são apaixonados pela causa e, provavelmente, fariam o trabalho de graça!
  • A Cultura da Especialização – Esta pessoa salta imediatamente para os detalhes do trabalho que é responsável por fazer. Ela fala sobre as complexidades, os desafios, e por isso é muito legal e interessante. Provavelmente eles falam também no jargão setorial, que você não entende completamente!
  • A Cultura Popular – Esta pessoa coloca seu foco nas pessoas com quem trabalham no dia-a-dia. Você vai ouvir histórias sobre a importância das pessoas, seu intelecto ou apenas que há realmente algumas ótimas pessoas para interagir. Você provavelmente também vai ouvir falar de amizades que se desenvolveram no ambiente de trabalho.

Sim, a sua cultura pode ter (e provavelmente tem) elementos de todas as três categorias, mas eu ficaria chocado se não surgir uma que seja um pouco mais dominante. Por que isso é importante? Bem, vou voltar ao meu ponto original: se o seu objetivo é que a cultura promova o desempenho e você elabora programas para apoiar uma cultura orientada pela missão, quando na verdade você tem uma cultura da especialização, estes programas vão falhar.

Por mais que você possa pensar que as pessoas estão levantando todos os dias e indo trabalhar para ajudar o mundo a se tornar um lugar melhor através do desenvolvimento do próximo iPhone, provavelmente elas estão indo trabalhar porque eles adoram o desafio técnico. Você ficaria muito melhor servido concentrando seus esforços em garantir que existam algumas questões técnicas realmente desafiadoras para trabalhar! Então, da próxima vez que você se inspirar para introduzir uma nova iniciativa, certifique-se que você não se esqueça de fazer essa pergunta simples.

Autor: Andy Porter

Artigos Relacionados:

Deixe seu Comentário