Currículo

Currículo para primeiro emprego: como fazer

Currículo para primeiro emprego

O primeiro emprego é sempre um momento importante na vida de um futuro profissional, independente se ele está saindo do ensino médio ou da faculdade. Além disso sempre surge a dúvida de como preparar um currículo para o primeiro emprego.

A boa notícia é que muitas pessoas têm essa dúvida e as empresas são, de certa forma, compreensivas quanto a isso, afinal, tudo precisa ter um começo. Logo, para aprender como fazer um currículo para sua primeira experiência profissional, acompanhe o artigo!

Currículo para primeiro emprego

Dados pessoais

Mesmo que ainda não tenha experiência profissional, supõe-se que tenha dados pessoais. Esses, inclusive, é preciso colocar no currículo. Afinal, é através deles que a empresa possivelmente entrará em contato com todos os candidatos. Logo, as informações que devem conter, são:

  • Nome completo (como está no documento);
  • Estado Civil;
  • Idade;
  • Endereço (com o CEP e número da casa ou apartamento/bloco);
  • Telefone, e-mail e celular;
  • Redes sociais (preferencial).

Nessa etapa de preenchimento, é preciso ficar muito atento aos exageros, afinal, há informações que não possuem necessidade de aparecer no currículo. Informações que não possuem necessidade de constar no currículo são o CPF e RG.

Em relação às fotos 3×4, nem todos os lugares exigem. Como não é possível saber quais lugares exigirão ou não, carregue sempre uma porção de fotos 3×4 atualizadas na bolsa, caso os currículos estejam sendo entregues pessoalmente.

Além disso, mais uma informação desnecessária são os e-mails informais que geralmente são utilizados em redes sociais, sites de jogos e demais plataformas. Opte sempre por um e-mail formal e tradicional, por exemplo: [email protected].

Objetivos profissionais

Após preencher o início do currículo com o nome completo e demais dados, é o momento de separar o espaço para colocar quais os objetivos profissionais que quer alcançar. É importante que nesse campo, haja objetividade e clareza.

Além disso, é importante que o objetivo seja compatível com a vaga. Por exemplo, se a vaga for para um escritório que trabalha à porta fechada, não diga que seu maior objetivo é trabalhar com o público e realizar vendas grandiosas. Opte por algo como:

Desejo conquistar independência profissional e pessoal trabalhando como secretária no ramo administrativo para adquirir maior experiência e crescimento profissional.

Tenho como objetivo atuar na área de vendas, utilizando de minhas habilidades de comunicação e, assim, adquirir maior experiência profissional.

O objetivo descrito no currículo precisa ser, literalmente, objetivo.

Formação Acadêmica

Independente de sair do ensino médio ou do ensino superior, é muito importante destacar qual formação acadêmica é pertencente. É importante, inclusive, destacar as experiências extracurriculares.

Ou seja, se foi cursado o ensino médio e no momento está em andamento em um curso de Libras, então coloque no currículo. É muito importante mostrar diferenciais que podem complementar o currículo e trazer maior chance de efetivação profissional na empresa.

Além disso, antes mesmo de distribuir currículos, tente se especializar em algum curso voltado para a área de atuação desejada. Participe de workshops, palestras, encontros, etc. Isso tudo é ótimo para adquirir uma vivência na área desejada antes mesmo de conseguir uma vaga dentro dela.

A formação acadêmica deve vir logo abaixo dos objetivos profissionais. Também é preciso estar detalhada com o máximo possível de informações, como:

  • Nome do curso;
  • Instituição de ensino;
  • Data de início;
  • Data de Conclusão;
  • Nível de aprendizado e entendimento sobre o assunto.

Um exemplo muito comum, é quando uma pessoa possui algum curso de idiomas, por exemplo:

  • Italiano – Instituição Idiomas – Janeiro de 2016 até Janeiro de 2019.
  • Leitura: Avançado;
  • Conversação: Básico;
  • Escrita: Avançado.

Dessa forma, fica muito mais fácil preencher um maior espaço no currículo com informações úteis.

Currículo para primeiro emprego

Trabalhos voluntários

Os trabalhos voluntários englobam também os pequenos serviços que foram realizados como forma de ajuda. Isso pode incluir tanto ajudar no mercado do bairro quanto simplesmente entregar correspondências para ajudar alguém. Qualquer trabalho voluntário é válido, pois é visto como uma oportunidade de aprendizado e crescimento e isso é muito valorizado em uma entrevista.

Qualificações no currículo para primeiro emprego

Por ser um currículo para primeiro emprego, o campo que seria destinado para as experiências profissionais, podem ser tranquilamente substituídos pelas qualificações e conhecimentos que foram acumulados ao longo dos anos. Logicamente, eles precisam estar voltados para a vaga escolhida.

Logo, é preciso pensar de forma calma e atenciosa nesse momento. É preciso pensar se o seu perfil realmente é condizente com a vaga e se as exigências da mesma estão dentro daquilo que se procura. É preciso avaliar se possui as habilidades pedidas.

Por exemplo, se a vaga é para estagiar como Social Media, os candidatos precisam ser pessoas que possuem uma grande afinidade com redes sociais, facilidade de escrever textos, conhecimento de regras de SEO e uma grande empatia para detectar públicos distintos e o que eles querem ver.

Para essa vaga, as características que mais se enquadram, são:

  • Bom relacionamento com as pessoas;
  • Comunicativo;
  • Facilidade para produzir conteúdos novos;
  • Criatividade;
  • Organização;
  • Facilidade com edição e familiaridade;
  • Assiduidade em redes sociais;
  • Conhecimento de como as plataformas sociais funcionam.

Essas são características que podem ajudar de uma forma inimaginável na hora de procurar pelo primeiro emprego. Além disso, dependendo do nível de formalidade da vaga, ainda é possível criar um portfólio que mostre as suas capacidades profissionais e criativa, caso seja chamado para uma entrevista.

Informações complementares

Pode parecer besteira, mas as informações complementares deixam um currículo para primeiro emprego muito mais atraente. Não esqueça de citar se há disponibilidade para mudanças ou viagens, ou se possui algum tipo de deficiência física, etc.

O que deve ser evitado no currículo para primeiro emprego

No momento de procurar pela primeira vaga de emprego, é preciso estar sempre atento em relação à ortografia e gramática. Evitar preencher currículo com cores fortes e vibrantes também é uma boa escolha. Opte sempre por negrito, itálico, fontes comuns e tópicos para as informações relevantes.

Inclusive, evite colocar a pretensão salarial no currículo, somente quando a empresa solicitar através do anúncio da vaga. Além disso, não exagere nas habilidades e detalhes. Dessa forma, o currículo para primeiro emprego tem grandes chances de ser selecionado, já que contará com ótimos diferenciais.

Deixe seu Comentário