Carreira

Como trabalhar em um navio: Principais vagas e Carreiras

Como trabalhar em um navio

Afinal, como trabalhar em um navio? Essa é uma dúvida bastante comum entre a grande maioria das pessoas.

Mas isso não é uma surpresa tão grande assim, afinal, muitos brasileiros associam o trabalho em um navio a uma experiência única de viagem. Contudo, já adiantamos que as coisas não são tão simples assim.

Por isso, nós decidimos criar esse artigo para guiar os mais novos tripulantes.

Antes de mais nada, é preciso entender que o termo “trabalhar em um navio” não poderia ser mais genérico. Isso se dá graças à enorme variedade de cargos marítimos que você pode assumir, como tripulante de um cruzeiro, ou mesmo um cargueiro.

Mas fique tranquilo, abordaremos o assunto mais a frente.

Aqui, nós falaremos mais a fundo sobre como é a vida de quem trabalha em alto mar e quais são os principais pontos que você deve se atentar. Por isso, se você sempre sonhou em trabalhar em um navio, pode ter certeza de que ler nosso artigo é um ótimo primeiro passo.

Como trabalhar em um navio: conheça os principais requisitos e diferenciais que podem te ajudar nessa área

Trabalhar em um navio exige um comprometimento muito grande de seus colaboradores. Afinal, é possível passar dias ou até meses em alto mar.

Pensando nisso, decidimos trazer os principais requisitos que você deve possuir para ingressar nessa área tão fascinante.

Vale ressaltar que, além da determinação dos profissionais, também são exigidos vários conhecimentos específicos. Mas isso abordaremos logo a seguir.

Requisitos

Para trabalhar em uma embarcação, seja ela um cruzeiro ou um navio de carga, há uma série de requisitos que você deve preencher.

Adiantamos que, diferentemente das vagas de emprego tradicionais, os requisitos de embarcação são mais exigentes, por motivos óbvios.

Antes de iniciarmos nossa listinha de requisitos, vale destacar que os mesmos não são necessários para vagas como marítimo, já que a experiência de mar não é necessária nesse caso.

Idade

Um dos pontos mais importantes para se ingressar ao grupo de funcionários de um navio é ter a idade condizente com o exigido.

Na grande maioria das navegações, a idade exigida é de 18 a 45 anos. Porém, o número tende a variar de acordo com a embarcação, podendo partir de 21 anos de idade.

Contudo, é importante que você se mantenha atento às exigências da vaga em questão.

Idiomas

Não é de hoje que o inglês se faz importante na hora de conquistar uma nova vaga. Porém, esse fator se torna ainda mais determinante em vagas para se trabalhar em um navio.

Diversas vagas, que podem variar dos cruzeiros para os cargueiros, exigem pelo menos o nível intermediário em inglês.

Dessa forma, a informação não seria comprometida por completo, visto que a maioria dos encarregados acredita que seus funcionários podem aprender mais com o tempo.

Além do inglês, em vagas da América Latina, o conhecimento em espanhol também se faz muito importante, e é exigido na grande maioria das vagas.

Como trabalhar em um navio

Veja também:

Experiência profissional

Como em qualquer outra área de atuação, a experiência profissional também se faz necessária em vagas para se trabalhar em navios.

Companhias de cruzeiro tendem a contratar pessoas que tenham exercido funções relevantes para a vaga aberta.

Apesar de não ser necessário ter experiência prévia com embarcações, ainda assim é preciso ter desempenhado funções relevantes para o trabalho exigido.

Exames médicos e vacinações

A saúde dos candidatos é de suma importância para as empresas contratantes. Por isso, uma série de exames médicos e vacinações são exigidas aos candidatos.

Podem ser exigidos pelas companhias de cruzeiro, por exemplo:

  • hemograma completo,
  • exame de fezes,
  • exame de urina,
  • glicemia,
  • creatinina,
  • raio-x do tórax,
  • teste de tuberculose.

Uma dica super importante é que você confira listas completas em sites especializados, para não correr o risco de não entregar algum exame.

Além dos exames, as vacinas também se fazem extremamente necessárias. Entre elas, as vacinas contra Tétano, Febre Amarela e Covid-19 são obrigatórias.

Certificado em cursos de segurança e proteção de navio

Sem dúvidas, um dos pontos mais cruciais para a sua contratação em um navio é a obtenção de certificados específicos em proteção e segurança de navio.

Um dos certificados que você deve possuir é o Curso de Familiarização de Proteção de Navio, que se tornou obrigatório pela NORMAN 24 desde 2014.

Outro curso super importante que você deve fazer é o Curso Básico de Segurança de Navio, geralmente chamado de STCW, nome da instituição regularizadora.

Diferenciais

Trabalhar em um navio pode ser o sonho de muitos, inclusive o seu. O fato de estar em alto mar, desempenhando funções diversas, pode ser extremamente realizador. E é.

Porém, vale destacar que trabalhar em um navio não é uma das tarefas mais simples do mundo. Por isso, ter alguns diferenciais pode destacar o seu perfil.

Entre alguns diferenciais que podem te ajudar muito na hora de conseguir um emprego é a sua disposição para trabalhar de forma árdua, visto que os tripulantes de uma embarcação trabalham 7 dias por semana – durante, aproximadamente, 14 horas por dia.

Além disso, ter um estômago forte para resistir aos enjoos é um diferencial super bem-vindo, visto que nem mesmo os membros mais antigos da embarcação conseguem tal proeza.

Como começar a trabalhar em um navio?

Depois de falarmos um pouco sobre como é e o que é exigido para trabalhar em uma embarcação, você finalmente decidiu que quer viver esse sonho. Contudo, como começar a trabalhar em um navio?

Com certeza, essa dúvida voltou à tona em sua mente, visto que a sua dúvida principal ainda não foi resolvida. Mas, acredite: começar a trabalhar em um navio não é uma tarefa tão difícil. Isso se você estiver seguindo todos os requisitos, é claro.

Para se candidatar às vagas de cruzeiros e navios cargueiros é necessário realizar sua inscrição no site de algumas empresas que atuam no ramo. Já em seus sites, é possível identificar a aba “Trabalhe Conosco”, tornando a experiência ainda mais convidativa.

Portanto, para que você possa atuar no mercado marítimo, é preciso manter seus olhos bem abertos para as oportunidades. Boa sorte!

Veja também:

Deixe seu Comentário