Entrevista

Redação Quem sou eu: saiba como fazer

Redação Quem sou eu

Existem diversas etapas durante um processo de seleção. A maioria das empresas opta pelo currículo convencional, seguido de uma entrevista, que pode até mesmo ser realizada de maneira coletiva. Aqueles candidatos que mais se destacarem e que possuem as melhores referências, tendem a ficar com a vaga.

A redação quem sou eu tem o objetivo de identificar a habilidade que o candidato tem para com a escrita. É preciso seguir algumas regras para se dar bem. O candidato deve esquecer o currículo e definir um estilo de texto para seguir. Aqui explicaremos alguns pontos para você se dar bem neste procedimento.

O que é redação quem sou eu?

Durante o processo de seleção, as empresas atuam de diferentes maneiras para recrutarem novos funcionários. É comum que algumas delas lancem uma redação com o tema “quem sou eu?”. Muitas delas podem ter dificuldade quanto a este desafio. Não é tão difícil para superá-lo, basta você seguir as nossas dicas.

A recomendação é que durante o texto você consiga falar sobre sua personalidade, atividades que já desenvolveu anteriormente, seus objetivos com a vaga e outras coisas que podem ser interessantes. É ideal utilizar uma estrutura começando com um parágrafo de introdução, dois para o desenvolvimento e um de conclusão.

Esse tipo de redação serve para testar o seu nível de português e de gramática. Os avaliadores que pedem esse tipo de redação também irão avaliar a capacidade que o candidato tem em relação a linguagem escrita.

Evite citar o currículo

Caso o avaliador tenha solicitado a redação “Quem sou eu?”, então é melhor fugir de menções ao currículo. Evite ao máximo abordar as questões que já foram tratadas neste documento. O recrutador já conhece as suas habilidades profissionais e não estará disposto a ler a mesma coisa novamente.

É possível escolher o próprio tema, o que é muito mais interessante. Só indicamos evitar a narração de sua trajetória de maneira idêntica a apresentada no histórico profissional.

Defina um estilo de texto

É fundamental manter a coerência desde o momento em que começar a escrever. Se for preciso descrever alguns episódios de sua infância ou a importância dos relacionamentos na sua vida, se policie para não tratar de conquistas profissionais no meio do texto ou então deste parágrafo.

Caso decida falar sobre a sua carreira, então procure valorizar eventos leves e engraçados ao longo de sua trajetória profissional. É a melhor maneira de fisgar a atenção do avaliador e permitir uma leita interessante, sem que esta fique chata.

Outra opção é deixar o recrutador curioso logo no começo do texto, citando que descobriu um novo propósito para sua vida, por exemplo. Não é necessário entregar o desfecho imediatamente, vá revelando aos poucos e dando pistas, o segredo é entregar a revelação na parte da conclusão.

Diga quem você é

É interessante utilizar esse espaço para mostrar a sua personalidade. Não é preciso inventar uma história sobre outra pessoa, os recrutadores saberão se você está mentindo ou não. Então o melhor a fazer é falar a respeito do seu estilo e do seu perfil ao longo do texto.

Todas as pessoas possuem qualidades e defeitos, isso é normal. Se você for maduro o suficiente para falar sobre os seus defeitos, procure demonstrar que está disposto a aprender sobre novos assuntos e técnicas, para quem sabe superar esses defeitos.

Demonstre humildade

Pessoas que demonstram ser arrogantes durante o desenvolvimento do texto perdem pontos e podem até mesmo serem excluídas do processo de seleção. Então escreva de maneira verdadeira, evite exageros quanto às suas conquistas. Quem apresenta uma história cheia de sucessos e conquistas aparenta ser desumilde e até mesmo arrogante.

Os avaliadores sabem que nenhuma pessoa consegue ter uma vida apenas com momentos de sucesso. Os fracassos fazem parte e são importantes para o desenvolvimento de uma personalidade profissional. Então, é recomendado tomar cuidado com a linha narrativa a ser seguida. Coloque um pouco de drama para não parecer um conto de fadas.

Mostre o seu ponto de vista

Você até pode referenciar autores ao longo do texto, colocando algumas frases deles, mas a redação deve ter um toque pessoal. A ideia da redação “Quem sou eu?” é proporcionar um espaço para que os interessados em determinada vaga possam falar sobre suas características. Se estiver com dificuldades, poderá fazer diferentes redações e escolher a melhor delas.

Algumas pessoas possuem muitas dificuldades para escreverem sobre si mesmas. O melhor a fazer é ir treinando para vencer este desafio. Recomendamos que você escreva constantemente sobre sua personalidade, isso é um treinamento que será interessante para desenvolver seu poder de síntese.

Escolha um evento para falar

O candidato deverá escolher um determinado evento de sua vida para falar. Esse deverá ser o tema principal da narrativa. Poderá escolher a conclusão do seu curso de graduação ou o primeiro semestre da faculdade. A partir disso, é possível mostrar como foi a sua formação e o seu propósito de vida.

Também poderá destacar o dia em que passou no vestibular e como lidou com esse tipo de conquista. É uma oportunidade para falar sobre seus sonhos, expectativas criadas ao longo da trajetória e se foram atendidos ou não.

Descreva suas paixões

Se estiver com dúvida em relação ao tema para tratar, então fale sobre as suas paixões. Um texto que apresente emoções positivas terá uma leitura facilitada e os avaliadores certamente irão gostar do que encontraram. Quem toca algum instrumento musical, é interessante falar sobre este hobby, o que pode demonstrar a sua capacidade de improviso.

Caso seja um atleta nato, então procure valorizar as suas habilidades práticas e mostre que possui facilidade para trabalhar em equipe. E caso a sua paixão seja a sua atividade profissional, então vai ficar ainda mais fácil para escrever.

Novamente é importante ficar atento para não mencionar apenas ações que foram bem-sucedidas, cite as vezes que você não conseguiu cumprir algo, depois pode elencar os movimentos que fez para superar a condição adversa. Isso vai deixar o texto bem mais rico.

Deixe seu Comentário